Blog

O que é laparoscopia?

por artmedicinaem Curiosidades em Infertilidade em Saúde
Nenhum Comentário

A laparoscopia é uma técnica médica para explorar visualmente uma cavidade abdominal. Com ela é possível diagnosticar doenças, realizar biópsias e também procedimentos cirúrgicos para o tratamento de inúmeras patologias ou acometimentos.

Quando falamos em avanço da medicina podemos nos referir à descoberta de novas medicações, inovações em protocolos de tratamento e também à modernização de técnicas de diagnóstico e procedimentos cirúrgicos.

Em todos os casos esta evolução é aceita e aplicada pela comunidade médica por ter comprovado seus benefícios para o paciente, como a menor exposição do paciente a efeitos colaterais ou o menor tempo de recuperação. Pois é isso que a laparoscopia representa, uma evolução em diagnóstico e tratamento.

Como é feita a laparoscopia?

Como exame exploratório, a laparoscopia é realizada usando um pequeno tubo endoscópico que é introduzido por uma pequena incisão (cerca de 1 cm) no umbigo.

Durante o procedimento é inserida uma pequena agulha que injeta dióxido de carbono para que a parede abdominal seja dilatada e, com isso, seja possível a visualização e introdução eficiente da câmera laparoscópica.

Se confirmada a necessidade e viabilidade da laparoscopia como técnica cirúrgica, o médico pode ainda fazer outras incisões que permitam a inserção de outros instrumentos cirúrgicos que auxiliam o procedimento por completo.

Por ser um procedimento cirúrgico, e embora seja classificado como minimamente invasivo, a recomendação é que seja realizado em hospital equipado e sob anestesia geral. Ao ser finalizada, o paciente fica em observação por uma hora e depois segue para o quarto de internação hospitalar até receber alta médica.

Como há menos cortes e menos sangramento do que a cirurgia convencional, a laparoscopia tem recuperação prevista de 7 a 14 dias, podendo o paciente voltar gradativamente às suas atividades diárias, de acordo com a recomendação do seu médico.

Indicações para a laparoscopia

A laparoscopia é uma técnica que atende processos diagnósticos para suspeita de endometriose, doença peritoneal, dor abdominal crônica sem causa aparente, gravidez ectópica, patologias ligadas ao trato intestinal, entre outros acometimentos.

Confirmando o diagnóstico, a laparoscopia é aplicada no tratamento de diversas doenças ou como técnica para inúmeros procedimentos cirúrgicos, como: lesões no ovário, laqueadura das trompas, histerectomia total, retirada de mioma, tratamento de distopias genitais, retirada de apêndice e cirurgias ginecológicas.

A laparoscopia nas cirurgias ginecológicas

Se o diagnóstico de algumas doenças ginecológicas pode parecer obstáculos difíceis para quem deseja realizar o sonho da maternidade, saiba que a laparoscopia é uma grande aliada no tratamento necessário.

Utilizada para tratar cistos de ovário, dilatação das trompas, torção de ovário, gravidez ectópica, endometriose, etc, a laparoscopia se apresenta como uma cirurgia segura, com raros casos de complicações, e com muitos benefícios para a pronta recuperação da paciente.

Feita com incisões bem pequenas no umbigo e/ou na virilha da paciente, tem uma cicatrização mais rápida, com menos risco de infecções e menos desconforto no pós-operatório.