Blog

A influência da idade no período fértil

por artmedicinaem Curiosidades em Infertilidade em Saúde
Nenhum Comentário

Até o momento em que a mulher decide engravidar, muitas vezes o período fértil não é um assunto discutido. Mas você sabia que a idade influencia diretamente na fertilidade?

Isso vale tanto para homens quanto para mulheres, mas no segundo caso, o período fértil da mulher passa a ser mais complicado a partir dos 35 anos.

Todas garotas já nascem com todos os óvulos que terão durante a vida: cerca de 1 milhão. Até a adolescência, quando chega a puberdade, esse número cai para 300 mil.

O número assusta ainda mais quando falamos sobre a quantidade que, de fato, é ovulada durante os anos reprodutivos da mulher: cerca de 300, contabilizando um a cada mês.

 

O pico do período fértil feminino é dentre os 20 e 24 anos.

 

Nessa época, caso a mulher tenha a pretensão de ter filhos, realizar um teste de ovulação com frequência é o indicado, assim as chances de acertar o dia para engravidar aumentam.

O número de óvulos durante o período fértil feminino começa a decair a partir dos 35 anos, quando as chances de gerar um bebê sem intervenções médicas caem para 50%.

O principal motivo são abortos espontâneos, complicações com o bebê ou mesmo problemas de fertilidade, que começam a aparecer a partir desta idade nas mulheres com mais frequência.

Após os 40 anos, as chances de engravidar por métodos naturais caem ainda mais: somente 10% das tentantes, de fato, conseguem.

Um dos principais motivos para que a capacidade reprodutiva da mulher decline é a aproximação da menopausa.

Nessa fase os óvulos passam a ser menos maduros e saudáveis, e os ovários já não respondem corretamente aos hormônios responsáveis pela ovulação.

Durante a menopausa também é o momento em que o período fértil e o ciclo menstrual da mulher ficam mais irregulares, desfavorecendo a fecundação.

Com o avanço da idade o número de folículos em bom estado nos ovários também começa a ser reduzido. Mulheres com menopausa precoce têm perda de óvulos antes do habitual.

O revestimento interno do útero, chamado de endométrio, fica mais fino e menos apropriado para que o embrião consiga aderir, além do engrossamento do muco vaginal, que dificulta o caminho dos espermatozoides.

Alguns médicos acreditam que engravidar após os 45 anos é praticamente impossível.

Porém, graças aos tratamentos de fertilidade que possuímos atualmente, nada mais é impossível!

Conheça as opções que a Art Medicina oferece, agende uma consulta e descubra qual o método mais indicado para seu caso.